Inspiração, Maternidade

Como organizar a casa para a chegada do bebê

Esta semana no canal Mulher da UOL, a consultora Antoniele Fagundes apresentou dicas interessantes para a família que está à espera do primeiro bebê na hora de preparar o quartinho e o enxoval. Além das dicas para não comprar coisas que o bebê não vai usar, ela ainda aconselha que o espaço mais importante da casa é o quartinho. Confira abaixo o texto publicado e adote estas ótimas dicas:

São nove meses de espera pelo novo membro da família que vai mudar a vida de todos. O tempo é de ansiedade a hora é de se programar para que tudo esteja pronto quando ele chegar. Além pensar nas roupinhas, adequar a casa também é uma preocupação necessária. Mas é importante ser racional para não comprar acessórios que vão acabar não sendo utilizados.

“Na sociedade consumista em que vivemos, algumas mães acabam se encantando com muitos produtos que prometem muito, mas são pouco necessários, e compram o que não terá a menor finalidade”, alerta a consultora familiar da Babá Ideal Antoniele Fagundes.

Pensando na extrema necessidade, a parte da casa que mais merece atenção é o quarto do neném. Para montá-lo, é preciso esquecer as promessas e a beleza dos acessórios e se preocupar com o conforto e praticidade. “O berço deve ser alto, para que a mãe evite ficar abaixando o tempo inteiro após ter passado pelas dores do parto. Uma cômoda com trocador ajuda muito, para que fiquem as roupinhas que o bebê vai poder usar nessa fase e todos os produtos necessários para a troca das fraldas, evitando que a mulher tenha que se locomover para longe do neném nesse momento. As roupas maiores, que serão usadas mais para frente, devem ser guardadas em um armário. Também é bom planejar para que a banheira fique no banheiro, e não no quarto. Isso porque facilitará muito, evitando inclusive acidentes na hora de encher o recipiente de água”, aconselha, ao lembrar que o cantinho de amamentar deve ser prioridade.

“O ambiente deve ser definido pensando no conforto da mamãe e do bebê. Existem as que preferem dar de mamar em frente à TV, enquanto outras querem dar atenção total ao pequeno nessa hora. O mais importante é que o local seja agradável, já que os dois passarão muito tempo nesse ambiente. Meu conselho é de que seja no próprio quarto da criança, para facilitar a mamada noturna”, diz Antoniele.

No mais, a dica da especialista é esperar pela necessidade. “Muitas famílias, antes mesmo de a criança nascer, já querem modificar todos os cantos da casa, colocar grades nas janelas, proteger as quinas dos móveis e retirar todos os adornos das mesas. Mas esse processo deve ser gradual. Até o neném começar a se movimentar sozinho vão pelo menos seis meses de crescimento. Com o tempo você vai notando o que ele precisa. Primeiro a necessidade, depois a solução”, afirma.

Confira algumas inspirações para o quartinho do bebê:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *