Maternidade

Amamentação X Cólica

Amamentação x Cólica:  Até que ponto a alimentação materna interfere nas cólicas do bebê?

As cólicas dos bebês durante a amamentação hoje dia continuam sendo um mistério para os médicos. A causa exata delas ainda não foi determinada pela medicina. Primeiramente, é importante entender que cólica é um processo natural efisiológico que acomete a maioria dos bebês (independente da dieta materna) e se inicia nas duas ou três primeiras semanas de vida e tende a desaparecer por volta do final do terceiro mês.

É super importante saber que na fase de amamentação, a mulher apresenta necessidades nutricionais aumentadas, devido à produção do leite materno e não deve jamais excluir alimentos saudáveis e muito menos realizar dietas restritivas decorrentes dos mitos e crenças alimentares que circulam em torno das cólicas do bebê!

A resposta ao consumo materno e cólica é uma questão muito individual, o que pode causar desconforto para uns, pode ser ideal para outros.

Segundo a nutricionista Katia Cili, a regra é observar o que causa grande desconforto materno, pois “poderá” causar desconforto no bebê. O que realmente deve ser evitado são: fumo, excesso de cafeína, álcool e alguns medicamentos, pois podem prejudicar o bebê, porém, não há comprovações científicas que essas substâncias, assim como outros alimentos, sejam causadores das cólicas.

Contudo, o importante é garantir uma alimentação saudável, sem neuras e restrições desnecessárias. Fique segura, relaxe, alimente-se bem e aproveite ao máximo esse momento mágico!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *